Aplicativo auxilia os consumidores na escolha do melhor plano de telefonia móvel

Startup catarinense Meu Plano foi eleita pela Pequenas Empresas Grandes Negócios como a melhor empresa para receber o investimento anjo

Há alguns anos, o uso do telefone móvel faz parte da rotina dos brasileiros. Para atender a demanda, as operadoras oferecem dezenas de planos com o objetivo de atrair o consumidor. Mas você já parou para pesquisar qual o pacote que se adapta melhor a sua necessidade?

Segundo os dados da consultoria Teleco, com base na Anatel, mais de 325 mil pessoas solicitaram a mudança de operadora no primeiro mês de 2017. O número é 14% superior ao mesmo período do ano passado.

Um dos motivos mais comuns para a troca é que se tornou comum as pessoas adquirirem um plano sem pensar se ele se enquadra nas suas necessidades. Muitos escolhem por indicação da operadora, pela recomendação de um colega ou por uma promoção aparentemente atraente. De acordo com CEO da Startup catarinense Meu Plano,  Rudinei Carlos Gerhart, essas três formas de escolha não são as ideias. "Cada pessoa tem uma demanda diferente na hora de usar o aparelho telefônico. O que pode ser muito útil para um usuário, pode ser dispensável para o outro", explica. 

Para ajudar nesse processo, um grupo de especialistas em telecomunicações criou  o aplicativo “Meu Plano”, em que o consumidor consegue descobrir qual é a melhor opção de plano de acordo com o seu consumo. O software analisa as ligações feitas e recebidas, o uso de dados móveis, Wi-Fi e mensagens de texto e multimídia. Após mapear todos os dados, o aplicativo disponibiliza na tela do celular quais os planos de telefonia mais econômicos de acordo com o perfil do usuário.

“Comparamos mais de 500 ofertas de planos de celular disponíveis nas nove operadoras atuantes no mercado brasileiro. O apontamento é preciso, pois utilizamos as informações geradas pelo próprio smartphone para apresentar uma lista com os melhores planos”, explica o CEO da Meu Plano, Rudinei Carlos Gerhart.

Em 2016, a empresa foi eleita pela Editora Pequenas Empresas Grandes Negócios como a melhor startup para receber o investimento anjo. A startup de Chapecó também está entre as cinco selecionadas para o programa de pré-incubação do MIDI Tecnológico, incubadora gerida pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e mantida pelo Sebrae/SC, além de ser uma das selecionadas pelo Programa de Economia Criativa Samsung-Anprotec.

O aplicativo está disponível apenas para a plataforma Android em uma versão piloto e já conta com 20 mil usuários ativos. A versão comercial será lançada dia 28 de julho na sede do MIDI em Florianópolis. A adaptação para o sistema iOS começará a ser produzido no segundo semestre deste ano.