Com inovação como essência, ACATE reformula sua marca e posicionamento

Entidade muda de nome, busca se aproximar da comunidade e reforça objetivo de levar ideias e tecnologias catarinenses para todo o mundo

Para mostrar seu verdadeiro valor como representante e impulsionadora do setor tecnológico de Santa Catarina, a Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) muda o posicionamento e lança nova marca. O objetivo é inovar ainda mais ao ampliar a cobertura de sua atuação, facilitar o acesso ao capital, estabelecer novos convênios e levar mais conteúdo aos associados e à comunidade em geral.

 

A missão da entidade será promover a cultura da inovação. Para isso, tem metas como aumentar o reconhecimento da indústria de TI catarinense, interna e externamente, ser reconhecida como agente transformador e gerar um senso de pertencimento e de conexão do setor de tecnologia no estado inteiro. "A gente cria a inovação que o mundo precisa" é o mote da campanha.

 

Uma das principais mudanças com o novo posicionamento é a alteração do nome da entidade, de Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia para Associação Catarinense de Tecnologia. “Apesar da denominação, o escopo da ACATE vai além do estado - nosso ecossistema de inovação pode levar ideias e tecnologias catarinenses para o mundo, de forma competitiva e com infinitas possibilidades de expansão”, explica Daniel Leipnitz, presidente da instituição.

 

Em 2017, a ACATE liderou diversas iniciativas que impactaram tanto quem já estava inserido no segmento de tecnologia quanto a sociedade em geral: lançou o programa de inovação aberta Link Lab, que aproxima grandes empresas e startups; participou de missão a Israel, segundo melhor ambiente do mundo em inovação e tecnologia; inaugurou escritórios em São Paulo, para que suas associadas tivessem onde fazer negócios no maior berço de oportunidades do Brasil; auxiliou na implementação do projeto de programação nas escolas municipais, com projeto-piloto sendo realizado em Florianópolis; ajudou a construir o primeiro laboratório de inovação urbana da capital catarinense, um dos primeiros passos para fazer dela uma cidade inteligente; iniciou processo de fortalecimento de seus polos, de modo a empoderar o segmento de TI em todas as regiões do estado.

 

Para o próximo ano já estão previstos três novos Link Lab, inauguração de mais dois  centros de inovação, criação de duas novas verticais de negócios, lançamento do ACATE Tech Report com dados atualizados de 2016 e 2017, grandes eventos, entre muitos outros projetos. “Inovação é o nosso cerne, tudo o que planejamos deve ter este fim. Queremos começar 2018 criando condições para conectar pessoas e empresas que vão nos levar para o futuro”, destaca Leipnitz.

 

Sobre a ACATE

 

A Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) representa os interesses do setor tecnológico catarinense desde 1986. Suas ações buscam aumentar o reconhecimento dessa indústria no estado, país e também internacionalmente. Para reforçar o ecossistema de inovação catarinense, a Associação é gestora de iniciativas como a incubadora MIDI Tecnológico, o laboratório de inovação aberta Link Lab, Verticais de Negócios, rede de investidores-anjo, entre muitas outras. Reunindo 1,2 mil empresas e organizações de base tecnológica, tem como missão promover a cultura da inovação em toda Santa Catarina.